OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
No domingo, nono dígito chega aos celulares de seis estados do Nordeste
quinta-feira, 28 de Maio de 2015 , 17h23 | POR LÚCIA BERBERT

A partir do próximo domingo, 31, os números dos celulares de seis estados do Nordeste serão alterados com a inclusão do nono dígito. A medida vale para as linhas móveis dos DDDs 81 e 87 (Pernambuco), 82 (Alagoas), 83 (Paraíba), 84 (Rio Grande do Norte), 85 e 88 (Ceará) e 86 e 89 (Piauí).

A alteração, que requer adaptação nas redes e uso de novos softwares, deve custar R$ 64 milhões para as operadoras móveis. No caso da Oi e da TIM, os recursos previstos cobrem também outras inclusões do nono dígito que acontecerão este ano. A maior parte da verba (80%) vai para os ajustes nas redes, enquanto os gastos com TI consomem 19%.

Com o recurso, o número de linhas possíveis sobe de 44 milhões para 90 milhões. O nono dígito já foi implantado em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amazonas, Roraima, Amapá, Pará e Maranhão, com investimentos da ordem de R$ 438 milhões das operadoras.

Para fazer uma ligação para os celulares onde a medida está implantada, o dígito 9 deverá ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. Segundo a Anatel, por um determinado período, as ligações marcadas com oito dígitos ainda serão completadas, para adaptação das redes e dos usuários. Gradualmente haverá interceptações e os usuários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse período de transição, as chamadas marcadas com oito dígitos não serão mais completadas.

Além das adequações técnicas por parte das prestadoras de serviço de telecomunicações, essa medida demandará da sociedade a realização de eventuais ajustes em equipamentos e sistemas privados como, por exemplo, equipamentos PABX e agendas de contatos. As operadoras já estão disponibilizando aplicativos que convertem automaticamente os números das agendas dos seus assinantes à nova marcação.

A Anatel lembra que os Planos de Numeração dos serviços de telefonia fixa não sofrerão alterações, permanecendo com códigos de acesso com oito dígitos.

No dia 11 de outubro de 2015, os estados de Minas Gerais, Bahia e Sergipe também deverão acrescentar o dígito 9 à frente dos atuais números.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top