OUTROS DESTAQUES
Políticas Públicas
Corte de custeio dos ministérios atinge serviços de telecomunicações
quinta-feira, 28 de Maio de 2015 , 12h06 | POR LÚCIA BERBERT

Além do corte de R$ 69,9 bilhões das despesas discricionárias dos ministérios, o governo publicou, nesta quinta-feira, 28, portaria reduzindo em torno de 15% os gastos com custeio. A medida atinge recursos destinados aos serviços de telecomunicações, diárias e passagens, mão de obra e contratação de serviços técnicos, entre outras despesas em 2015.

O Ministério das Comunicações tem meta gastar no máximo R$ 213,9 mil. O limite de custeio para o Ministério da Cultura é de R$ 266,6 mil. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação terá que limitar gastos a R$ 340 mil e o de Desenvolvimento, a R$ 256 mil. Cada pasta definirá como aplicará os cortes.

As despesas relacionadas ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a grandes eventos escaparam do corte. Qualquer alteração aos limites impostos terá que ser analisada pelo Ministério do Planejamento.

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top