OUTROS DESTAQUES
Satélite
Joint-venture Telebras/Embraer se chamará Visiona; decreto deve sair nos próximos dias
terça-feira, 29 de Maio de 2012 , 15h45 | POR RUBENS GLASBERG

Nos próximos dias deverá ser publicado o decreto presidencial criando a joint-venture entre a Embraer (51%) e a Telebras (49%) para formar a empresa responsável pelo Br1Sat, o novo nome do projeto até aqui denominado Satélite Geoestacionário Brasileiro (SGB). A empresa se chamará Visiona. Cabe à Telebras a especificação do satélite (feita em conjunto com a PUC-Rio). Ele terá apenas banda Ka e banda X (para uso militar). A Embraer está encarregada de comprar o primeiro satélite e atuar como integradora dos próximos, cuidando ainda de capacitar a indústria nacional.

Nas próximas semanas deverá ser publicada uma RFP para a escolha do fornecedor do Br1Sat. O satélite será operado pela estatal Telebras e a posição já está sendo coordenada junto à UIT.

Segundo comunicado oficial das empresas, Telebras e a Embraer assinaram nesta terça, dia 29, o acordo de acionistas para constituição da Visiona Tecnologia Espacial S.A. A Visiona terá sede no Parque Tecnológico de São José dos Campos, São Paulo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top