OUTROS DESTAQUES
Satélites
Hughes arremata a quarta posição orbital em leilão
terça-feira, 30 de agosto de 2011 , 21h36 | POR HELTON POSSETI

A Hughes arrematou por R$ 35,219 milhões a quarta e última posição orbital licitada pela Anatel nesta terça, 30. Ao contrário das três etapas anteriores, a vencedora escolheu uma posição que não constava da lista de posições em processo de coordenação ou notificação em nome do Brasil junto à UIT – a posição 68,5º Oeste. A companhia solicitou o uso da banda Ku para broadcast e da banda Ka e banda X.
João Carlos Albernaz, gerente-geral de satélites da Anatel, explica que é permitida a opção por uma faixa de frequência cujo processo de coordenação ainda não começou, desde que a companhia observe as regras colocadas no edital como garantia de cobertura de 100% do território brasileiro, capacidade mínima para o Brasil de 50% do total de transponders em cada faixa, entre outras.
O próximo passo, segundo Albernaz, é a vencedora solicitar à Anatel que informe a UIT sobre a ocupação da faixa. A partir disso, a UIT dará início ao processo de coordenação, que inclui negociação com vizinhos para eventuais ajustes de posição.
Recurso
A quarta etapa da licitação teve outra diferença importante em relação às outras em que as empresas concordaram em abrir mão do prazo para recurso. Nesse caso, a StarOne não abriu mão do prazo. Segundo técnicos da área de satélite, é muito grande a chance de a posição 68,5º Oeste causar interferência na posição 70º Oeste – que está apenas a 1,5º de distância – escolhida pela StarOne. Executivos da StarOne, entretanto, se recusaram a confirmar se o motivo do recurso é uma eventual interferência na posição 70º Oeste. O prazo para recurso, que fica aberto para qualquer interessado, vai até as 18h do dia 2 de setembro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top