OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
Índia planeja vender faixa de 700 MHz depois de 3G
terça-feira, 17 de novembro de 2009 , 11h49 | POR REDAÇÃO

O leilão de 3G da Índia é um dos eventos mais aguardados pelos fornecedores e operadores de telecomunicações de atuação global. Recentemente o governo indiano realizou um encontro com os possíveis interessados para dirimir dúvidas e entender melhor as demandas do mercado. A promessa é de que as regras definitivas para a licitação sejam publicadas em dezembro e que o leilão aconteça em janeiro, informa o site Rethink Wireless (www.rethink-wireless.com). Ao mesmo tempo, o Departamento de Telecomunicações da Índia anunciou que pretende licitar "rapidamente" depois do leilão de 3G blocos em outras faixas de frequência, como 700 MHz, 800 MHz (para operadoras CDMA), 2.1 GHz e 2.3 GHz (os dois últimos para WiMAX).
Para o leilão de 3G é esperada a participação das atuais operadoras indianas, como Vodafone, Bharti Airtel e Relliance. Não se sabe ainda exatamente quais grupos de fora da Índia enviarão propostas. Havia uma expectativa de que a australiana Telstra ou a coreana SKT pudessem participar do leilão, mas nenhuma das duas compareceu ao encontro promovido pelo governo indiano. Em compensação, as norte-americanas AT&T e Intel estavam presentes. A Índia é considerada um dos países com maior competição em telefonia móvel do mundo, junto com EUA, Reino Unido e Brasil.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top