OUTROS DESTAQUES
Negócios
ProTeste envia ofício à Casa Civil se posicionando contra a venda da GVT para a Telefônica
segunda-feira, 09 de novembro de 2009 , 17h36 | POR REDAÇÃO

A associação de defesa do consumidor, ProTeste, enviou ofício à ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, para alertar sobre o risco de lesão ao consumidor caso venha a se concretizar a compra da GVT pela Telefônica.
"O temor da Associação é que os custos decorrentes da operação pretendida pela Telefonica sejam repassados para os usuários. E a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) não possui qualquer instrumento de controle para evitar esse dano", diz a ProTeste em comunicado.
A ProTeste também chama a atenção para a suposta ineficiência da companhia em atender os consumidores do estado de São Paulo. "Tanto que a Anatel a proibiu de ofertar o serviço de banda larga Speedy no mês de agosto, até que fizesse um plano de melhoria do serviço".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top