OUTROS DESTAQUES
Terceira geração
TIM não vende banda larga móvel em cidades onde a rede "não está boa"
sexta-feira, 30 de outubro de 2009 , 18h53 | POR REDAÇÃO

O presidente da TIM, Luca Luciani, detalhou a estratégia da companhia para a terceira geração. Enquanto suas concorrentes investem pesado na tecnologia, a mensagem da TIM é bem clara. "Não vamos vender 3G em todas as áreas. Apenas nas áreas que têm boa cobertura. O approuch não pode ser geral, tem que ser cirúrgico", disse Luciani. O presidente da operadora disse que existem 20 capitais onde a cobertura é muito boa, que receberam investimentos em uma primeira fase. Depois tem uma lista com mais 50 cidades, que deverão ter a cobertura melhorada e, a partir de 2010, mais 100 cidades.
O foco da TIM para o ano, entretanto, é a melhoria da rede 2G. A companhia pretende investir no quarto trimestre do ano R$ 1 bilhão e assim completar os R$ 2,3 bilhões previstos para o ano. Dois terços do investimento previsto para o quarto trimestre deverá ser na rede de segunda geração. "3G é o futuro, por enquanto a maior parte da nossa receita vem da voz", disse Luciani.
Nas cidades, onde a rede não é considerada boa, a empresa oferece velocidades menores de acesso. Rogério Takayanagi, diretor de marketing, da operadora diz que novos planos foram criados para essas praças.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top