OUTROS DESTAQUES
Futurecom
Motorola e Claro entram na era das redes sociais
quarta-feira, 14 de outubro de 2009 , 11h56 | POR DANIEL MACHADO

"E-mail está virando coisa de tiozão. Jovem agora se comunica por redes sociais". Com essa frase o presidente da Claro, João Cox, anunciou nesta quarta-feira, 14, em parceria com a Motorola, o lançamento do Moto Dext, handset de terceira geração especialmente desenvolvido para acesso a redes sociais, como Orkut, Twitter e Facebook. A novidade foi apresentada no Futurecom,que acontece esta semana em São Paulo. "O celular substituiu o relógio, depois a máquina fotográfica e agora superará os e-mails sendo o principal disseminador do acesso às redes sociais", diz.
O novo handset é o primeiro da Motorola com sistema operacional Android e será comercializado pela Claro com exclusividade até o primeiro trimestre de 2010. O aparelho também será lançado em novembro nos demais países da América Latina (América Movil), já está disponível para pré-venda na Inglaterra (Orange) desde a semana passada e deve ser apresentado nos Estados Unidos (T-Mobile) na segunda semana de outubro.
Apoiado em números, o vice-presidente da área de celulares da Motorola, Sérgio Buniac, considera esse o principal lançamento do ano. Segundo ele, já em 2012 o número de logins de redes sociais somará 700 milhões e superará a quantidade de contas de e-mails. "E no Brasil, esse horizonte é ainda mais promissor. Aqui, 57% dos brasileiros fazem login em redes sociais uma vez ao dia, contra uma média mundial de 31%. No Orkut, 50% dos usuários são brasileiros", diz. "Esse é o modo de comunicação que irá predominar nos próximos anos", acrescenta.
Conexão permanente
O custo do terminal oscilará de acordo com o plano de dados contratado pelo usuário, sendo mais ou menos subsidiado pela operadora. Para viabilizar financeiramente o uso das redes sociais que, via de regra, demandam conectividade constante por parte dos usuários, a Claro ressalta que a aplicação da Motorola oferece uma eficiente compactação de dados, cujos pacotes sairiam mais em conta para o assinante. "O usuário da banda larga móvel já passa mais tempo na Internet do que o da banda larga fixa e temos de buscar formas de continuar estimulando isso", diz Cox.
O novo handset tem teclado Qwerty em formato deslizante, com serviços móveis Google, tela de alta resolução touch-screen, câmera autofoco com 5 mega pixels, Wi-Fi, acelerômetro e GPS.
Banda larga pré-paga
João Cox garante que outras novidades agressivas serão lançadas pela Claro até o final deste ano e revelou somente que serão na área de planos de dados. Recentemente, a operadora apresentou um pacote 3G pré-pago, anunciado no último dia 5 de outubro. Segundo o executivo, isso torna a Claro a única operadora do Brasil a comercializar banda larga móvel pré-paga,já que a TIM teria suspendido a venda. O custo diário do pacote é de R$ 20 e o semanal, R$ 51.
Pró-Android
O lançamento do novo aparelho da Motorola com sistema operacional Android ocorre logo após a fabricante renunciar ao seu assento na LiMo Foundation, organização que reúne diversos fabricantes e operadoras interessados no desenvolvimento do LiMo, sistema operacional móvel baseado em Linux. Com isso, na briga entre os sistemas operacionais da telefonia móvel, a Motorola, que já havia flertado com Symbian e Windows Mobile, deixa clara sua predileção pelo Android, da Google.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top