OUTROS DESTAQUES
Balanço
Telemar lucra R$ 78,3 milhões no trimestre
quinta-feira, 29 de julho de 2004 , 12h35 | POR REDAÇÃO

A Telemar registrou lucro líquido de R$ 78,3 milhões no segundo trimestre. A queda em relação aos três primeiros meses do ano, quando a empresa lucrou R$ 220,4 milhões, se deveu principalmente ao aumento dos gastos da Oi com aquisição de clientes, em razão de haver duas importantes datas no segundo trimestre: dia das mães e dia dos namorados.
A receita bruta do grupo no trimestre foi de R$ 5,315 bilhões, o que representa um crescimento de 3,3% em comparação com o trimestre anterior. A receita com telefonia local manteve-se estável: R$ 2,78 bilhões. No segmento de longa distância, o faturamento foi de R$ 889,7 milhões, montante similar ao registrado no trimestre anterior mas 30,6% maior quando comparado com o mesmo período do ano passado. Outra área com expressivo crescimento na comparação anual é a de dados: sua receita trimestral subiu 29,2%, alcançando R$ 373,3 milhões. A Oi contribuiu com R$ 493,3 milhões para o resultado consolidado do grupo no trimestre e a Contax, com R$ 68,9 milhões. O Ebitida do grupo foi de R$ 1,544 bilhão, o que significa uma margem de 40,7%. No primeiro trimestre o Ebitda foi de R$ 1,68 bilhão, com margem de 45,6%.
A empresa fechou o semestre com 20 milhões de clientes, somando os serviços de telefonia fixa, móvel e ADSL. O Velox tinha, em junho, 345 mil usuários e está mantida a projeção de alcançar 450 mil em dezembro. A Oi encerrou o semestre com 5,1 milhões e deve chegar a 6,5 milhões no fim do ano.

Refinanciamento

A Telemar informou que conseguiu refinanciar uma parcela de US$ 716,66 milhões de um empréstimo para a expansão da Oi que tomara junto a um sindicato de bancos. ?Como o contrato previa o pré-pagamento, conseguimos baixar a taxa de juros em razão do melhor cenário econômico do país?, explicou Marcos Grodetzky, diretor de Finanças e Relações com Investidores da Telemar. Nas parcelas que vencem no curto prazo a taxa de juros anual será de Libor + 2 e 1/8 %. Naquelas com vencimento mais tarde, será de Libor + 4%. Antes do refinanciamento, a taxa era de Libor + 5,5%. O diretor explicou que essa operação permitirá uma economia de US$ 25 milhões para a companhia.
A dívida líquida da Telemar ao fim de junho era de aproximadamente R$ 7,3 bilhões, ou R$ 1 bilhão a menos que o registrado no primeiro trimestre. A razão para a diminuição foi a forte geração de caixa da empresa. A Telemar reduziu de R$ 6,7 bilhões para R$ 6,3 bilhões sua projeção de dívida líquida ao fim do ano.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top