OUTROS DESTAQUES
Controle da BrT
Previ, BNDES e Telos acompanharão aumento de capital
terça-feira, 13 de julho de 2004 , 18h24 | POR FERNANDO PAIVA

Pelo menos a Previ, o BNDESPar e a Telos confirmaram nesta terça-feira, 13, o interesse em participar do aumento de capital no fundo Investidores Institucionais FIA (ex-Opportunity Equity Partners FIA). O prazo para comunicar a decisão ao gestor do fundo venceu hoje. É provável que a Funcef tenha confirmado o aporte, já que seu presidente, Guilherme Lacerda, disse na semana passada que a fundação acompanharia a Previ. O fundo Investidores Institucionais precisa de R$ 85 milhões para participar de um aumento de capital de R$ 186 milhões na Opportunity Zain, empresa da qual detém 45,45% das ações. Se um ou mais cotistas não quiserem investir mais dinheiro no fundo, as sobras proporcionais às suas participações serão oferecidas aos demais nesta quarta-feira, 14. Os cotistas do fundo e suas respectivas participações são: Previ (26,92%), Funcef (19,42%), Sistel (17,78%), Centrus (8,82%), BNDESPar (7,17%), Valia (4,53%), Telos (4,48%), Forluz (2,72%), Fachesf (2,72%), Celos (1,81%), Copel (1,81%), CEEE (0,91%), Delta (0,54%) e Opportunity (0,36%).

Invitel

A Opportunity Zain controla a Invitel, companhia que faz parte do bloco de controle da Brasil Telecom Participações. A Invitel também aprovou um aumento de capital no mesmo valor de sua controladora: R$ 186 milhões. Seus acionistas devem dar uma resposta até o próximo dia 17. Previ, Petros e Telos são acionistas diretos de Invitel, com participações de 19,27%; 3,17%; e 2,38%, respectivamente. As três deverão participar também desse aumento de capital.
A razão para o aumento de capital em Invitel é o pagamento de uma parcela que está para vencer de um financiamento obtido junto ao BNDES.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top