OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
BrT GSM promete operação com push-to-talk
terça-feira, 06 de julho de 2004 , 15h21 | POR FERNANDA PRESSINOTT

A operação móvel da Brasil Telecom (BrT) que está prometida para o próximo mês promete trazer como diferencial o serviço de radiodespacho (push-to-talk) para o mercado corporativo.
Atualmente, a operadora está montando os pacotes de tarifas e formatando como cobrará o serviço de seus clientes. De acordo com Ricardo Sacramento, diretor geral da BrT GSM, inicialmente o serviço só funcionará na região III, onde a BrT tem licença para prestá-lo, mas futuramente a operadora fará acordos com as demais operadoras GSM atuantes no Brasil para integração de suas plataformas. ?Assim como ocorreu com o SMS (mensagens de texto), as operadoras levarão um tempo para integrar as plataformas de push-to-talk, mas isso ocorrerá com o aumento da demanda?, prevê o executivo.
Sacramento afirma ainda que essa interoperabilidade entre as operadoras GSM será simples porque todas elas utilizam um sistema aberto de radiodespacho, diferentemente do que ocorre com a plataforma iDEN, da Motorola, utilizada pela Nextel. ?Essa será uma grande vantagem competitiva para as operadoras móveis GSM?, acredita o diretor.
As operadoras Claro e Vivo também anunciaram que oferecerão push-to-talk para seus usuários no segundo semestre deste ano.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top