OUTROS DESTAQUES
Cabos
Furukawa investe US$ 1 mi para ampliar exportações
segunda-feira, 14 de junho de 2004 , 17h08 | POR REDAÇÃO

A Furukawa anunciou nesta segunda-feira, 14, que investirá US$ 1 milhão este ano para a expansão da fábrica de Curitiba, aumentar a capacidade produtiva de cabos eletrônicos em 50% e estimular as exportações. Segundo o presidente da empresa no Brasil, Foad Shaikhzadeh, parte dos investimentos feitos entre os anos 2000 e 2001 para a área de cabos telefônicos, que somam US$ 10 milhões, está sendo também redirecionada para o setor de cabos eletrônicos. ?Dependendo da evolução do mercado, poderemos investir até outros US$ 5 milhões no período de dois a três anos, a partir de 2005?, estima.
O objetivo é fazer com que as exportações este ano respondam por 25% do faturamento de 2004, dez pontos percentuais acima dos 15% registrados em 2003. A Furukawa faturou no ano passado R$ 203 milhões, com destaque para as exportações para Argentina, Chile e EUA e as áreas de networking e cabling. A previsão de crescimento da receita é de 30% para 2004.
Para o presidente da Furukawa, a maior oportunidade de crescimento do mercado brasileiro é o acesso à Internet em banda larga. ?Não adianta ter grande capacidade de transmissão de dados se não há como fazer o acesso?, diz ele.

Aliança estratégica

A Furukawa anunciou ainda a assinatura de uma aliança estratégica com a Avaya Brasil para ampliar a oferta de soluções completas de TI para o mercado corporativo e das pequenas e médias empresas. ?É uma aliança comercial e tecnológica para termos uma oferta integrada?, diz o presidente da Avaya, Marcio Mattos. Shaikhzadeh completa que a Avaya tem uma linha de produtos IP já estabelecida: ?Acreditamos que o IP é o futuro para gerar convergência entre voz, dados e vídeo.?

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top