OUTROS DESTAQUES
Aquisições
Presidente da PT nega negociações pela Net
quinta-feira, 13 de Maio de 2004 , 16h03 | POR REDAÇÃO

O presidente da Portugal Telecom (PT), Miguel Horta e Costa, disse, nesta quinta, dia 13, que não há fundamento nas informações divulgadas por este noticiário, com base em fontes próximas ao governo, de que a empresa esteja negociando a compra da Net Serviços neste momento. No entanto, ele observou que o grupo português não exclui a operadora de TV a cabo do conjunto de ativos que fazem parte de sua estratégia de expansão no País. Horta e Costa esteve em São Paulo para oficializar o lançamento da Portugal Investimentos Internacionais, holding especialmente criada para comandar todas as participações da PT e explorar oportunidades de novos negócios fora de Portugal. A nova empresa é predidida por Carlos Vasconcellos Cruz, ex-presidente da Telesp Celular.
A PT conta atualmente com 28 empresas no exterior, que respondem por 26% das receitas totais do grupo. O negócio internacional mais importante sob a nova holding é a Vivo, na qual a PT é detentora de 50% das ações (o restante está com a Telefônica), responsável por 80% da receita do grupo português fora de seu país de origem. De acordo com o presidente da PT Investimentos Internacionais, a expectativa é que a operadora móvel continue a crescer em participação nos negócios nos próximos anos, tomando a dianteira até 2010 entre todas as empresas do grupo, hoje ocupada pela operação de telefonia fixa de Portugal.
Em termos de novos investimentos no Brasil, ainda que prometa ?surpresas para breve?, Horta e Costa diz que não há atualmente nenhum novo negócio na mira da PT no País. Nem mesmo a Telemig Celular, que como é sabido no mercado, atrai o interesse dos portugueses porque permitiria à Vivo ter finalmente uma operação em Minas Gerais. O presidente da PT diz que o grupo ainda pretende ter cobertura em todo o território brasileiro, mas que ainda estuda qual será a forma que usará para isso. Além da Vivo, a PT controla no Brasil a Primesys (operadora de dados para o mercado corporativo), Mobitel/Dedic (call center), além de participar do UOL e Banco 1.Net.

ICDL

O grupo Portugal Telecom vai introduzir no Brasil a certificação internacional ICDL (International Computer Driving License), que atesta com reconhecimento internacional a qualidade de ensino em informática. O primeiro projeto do ICDL deve qualificar 1 mil jovens para o mercado de trabalho.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top