OUTROS DESTAQUES
Pesquisa
Projeto Giga entra em operação
sexta-feira, 07 de Maio de 2004 , 15h32 | POR REDAÇÃO

O CPqD e a Rede Nacional de Pesquisa (RNP) lançaram nesta sexta, dia 7, em Campinas, o projeto Giga. Trata-se de uma rede IP sobre WDM (rede óptica) que interliga universidades e centros de pesquisa de sete municípios do Rio de Janeiro e São Paulo, numa extensão de 750 quilômetros. Para o projeto, que durou cerca de um ano para ser implementado, foram investidos R$ 54 milhões, de recursos provenientes do Funttel e do Finep.
O objetivo da rede Giga é criar um laboratório experimental para que universidades, empresas parceiras e centros de pesquisa desenvolvam aplicações e serviços para banda larga, que posteriormente poderão ser utilizados comercialmente. ?Daremos os passos para o futuro das aplicações na internet?, vislumbra o presidente do CPqD, Hélio Graciosa. As fibras ópticas da rede foram oferecidas pelas operadoras Embratel, Telemar, Pégasus, Intelig e Telefônica.
Em 2005, segundo Graciosa e o ministro das Comunicações, Eunício Oliveira, o projeto Giga deverá ser estendido para o Nordeste, o que deve custar aproximadamente R$ 30 milhões. A intenção é interligar os estados da Bahia, Pernambuco, Paraíba e Ceará. O cronograma de implementação vai depender das negociações com parceiros da iniciativa privada e da área pública que estejam dispostas a permitir o uso da sua infra-estrutura de fibra óptica. ?Estamos conversando com companhias de energia elétrica e com a Petrobrás. Dependendo das negociações, em menos de um ano as instituições do Nordeste já estarão utilizando essa rede?, disse o ministro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top