OUTROS DESTAQUES
VU-M
Vivo ainda não assinou contrato com todas as fixas
quarta-feira, 28 de Abril de 2004 , 17h46 | POR REDAÇÃO

Algumas operadoras de telefonia fixa ainda não assinaram a renovação de acordos de interconexão com a Vivo este ano, informou, sem citar nomes, o vice-presidente de regulamentação e relações institucionais da companhia celular, Carlos de la Rosa. ?Elas queriam um contrato que valesse apenas até junho (antes do início da livre negociação da VU-M exigida pela Anatel). Nós queremos um contrato de um ano, até fevereiro de 2005, como sempre foi feito?, explicou.
Apesar de contratos não terem sido renovados, as interconexões seguem funcionando. ?Não sei o que vai acontecer depois de junho?, comentou o executivo. De la Rosa está indignado com o discurso das fixas, que reclamam estar perdendo dinheiro com a interconexão fixo-móvel. ?Justo eles que são monopolistas, têm uma margem Ebitda de quase 50% e cobram R$ 30 de assinatura mensal independentemente do cliente usar ou não o telefone? Eles deveriam aprender a bilhetar melhor para não sofrerem com inadimplência. Culpar as operadoras móveis é uma pouca vergonha?, protestou o vice-presidente da Vivo durante o evento Rio Wireless, nesta quarta-feira, 28, no Rio de Janeiro.
Atualmente, cerca de 45% da receita das operadoras móveis brasileiras é proveniente de tarifas de interconexão. Cerca de 60% desse total é pago pela telefonia fixa e o restante por operadoras celulares concorrentes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top