OUTROS DESTAQUES
Venda da Embratel
Só a Calais ofereceu participação ao BNDES, diz Lessa
quarta-feira, 14 de Abril de 2004 , 17h13 | POR REDAÇÃO

De acordo com o presidente do BNDES, Carlos Lessa, falando em audiência pública sobre a venda da Embratel, nesta quarta, 14, na Comissão de Fiscalização e Controle do Senado, apenas o consórcio Calais manifestou-se ao BNDES, oferecendo ao banco 40% do controle da Embratel. Em relação à Telmex, Lessa lembrou que o BNDES tem uma pendência com a empresa (a questão da dívida da Claro) e que ele gostaria que fosse resolvida o mais rapidamente possível. Lessa não deixou explícita a vinculação desta dívida a uma possível negociação com a Telmex sobre os satélites da Star One, caso a Telmex seja a vencedora de fato na disputa pela Embratel. Mas afirmou que agora ele é um banqueiro que deve negociar em nome do estado Brasileiro, e que usará todas as cartas que tiver na mão para isso.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top