OUTROS DESTAQUES
Venda da Embratel
A depender de autoridades, negócio já está decidido
quarta-feira, 14 de Abril de 2004 , 19h22 | POR REDAÇÃO

No que depender de autoridades, tanto brasileiras quanto norte-americanas, a Telmex levará a melhor na disputa pela Embratel. Um dos assessores mais próximos do presidente Lula garante que ?se depender do próprio presidente, dos ministros José Dirceu (Casa Civil) e Eunício de Oliveira (Comunicações), o caso da Embratel se encerra na aquisição pela Telmex?. Não tem informação precisa, mas acredita que a Anatel siga a mesma linha.
E, a julgar pelo seu comportamento em casos semelhantes, a Corte de Falências de Nova York, vai apenas observar se o negócio da MCI com a Telmex é ?limpo e rápido? , como disse um especialista norte-americano ao TELETIME News nesta quarta-feira, 14. Como os credores da WorldCom (nome original da MCI) aprovaram a oferta do grupo mexicano e não há questionamento de acionistas, a Corte não deve entrar no mérito de outras ofertas. ?O foco é na lei, não no dinheiro? , completou, dizendo que ?a proposta do consórcio Calais, por ser problemática face à lei brasileira, pode contrariar a prática da Corte?.
Se a MCI quiser, o julgamento pode até ser suspenso. Para isso, basta que antecipe em dois dias a data marcada para levantar a concordata (dia 28 próximo).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top