OUTROS DESTAQUES
Conteúdo no celular
Usuários gastam 12 milhões de minutos ouvindo Big Brother Brasil
quinta-feira, 18 de Março de 2004 , 18h26 | POR REDAÇÃO

A convergência da TV aberta com o celular é uma possibilidade que a TV Globo analisa com simpatia. Uma amostra de como a aliança pode ser bem-sucedida é a transmissão do áudio do Big Brother Brasil via telefone celular, diz Fernando Bittencourt, diretor de tecenologia da emissora. Trata-se do serviço Big Spy, lançado em parceria com a Oi em janeiro, paralelamente à entrada dos atuais BBB no programa da Globo. Desde então, foram registrados 12 milhões de minutos consumidos de usuários ouvindo os moradores da casa. Uma surpresa agradável, disse Fernando Bittencourt, que participou nesta quinta, 18, do seminário Tela Viva Móvel, promovido pela Converge Eventos, em São Paulo. A operadora e a emissora têm um acordo de compartilhamento de receita, mas nenhuma das partes revela detalhes. Comenta-se que a Globo fique com 80% da receita, mas a informação não é confirmada. Quando for lançada a TV digital, a remuneração dos parceiros de conteúdo será a publicidade, afirmou Bittencourt.
Ao ligar para o número (31) 8831-3131, o usuário de qualquer operadora fixa ou móvel tem acesso ao Big Spy, com o áudio da casa ou de um participante específico; ou ao Big Chat – chat de voz entre os fãs do programa. Se o usuário estiver em Minas Gerais pagará a ligação local mais impostos, e se for de outro Estado desembolsará o valor da tarifa interurbana mais impostos.
No caso de envio de mensagens via celular (SMS), a Globo tem acordo com todas as operadoras móveis. Os próximos conteúdos a serem lançados são: Fama, um reality show, provavelmente em julho; e o campeonato brasileiro de futebol. Os dois conteúdos estão em negociação com as operadoras.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top