OUTROS DESTAQUES
Atentados na Espanha
Telefónica registra 700% de aumento do tráfego
sexta-feira, 12 de Março de 2004 , 12h13 | POR REDAÇÃO

O tráfego de chamadas foi 700% maior nesta quinta-feira, 11, na Espanha, devido aos atentados ocorridos em Madri, principalmente nas chamadas fixo-móvel. A informação é da Telefónica de España. A operadora colocou no ar um serviço especial de emergência para garantir as comunicações na capital Madri em função dos atentados terroristas. As chamadas para Madri aumentaram 400%, além de um crescimento extraordinário ter sido registrado nas chamadas entre as regiões de Guadalajara e Alcalá de Henares, próximas à capital espanhola.
Na telefonia móvel, o tráfego cresceu 50% entre a rede MoviStar (da Telefônica) e 100% para chamadas de outras redes. Nacionalmente, o tráfego móvel aumentou 35%.
Na manhã de ontem, logo após os atentados, foram registrados problemas graves de cobertura telefônica em zonas afetadas pelas explosões (Atocha, Santa Eugenia e El Pozo) e nas redondezas. A Telefónica desviou recursos de serviços não prioritários para manter a rede em operação. As centrais telefônicas que mais sofreram com sobrecarga foram as da zona sul de Madri, especialmente de San Antón, Atocha e Delicias. Segundo a operadora, os serviços de mensagens curtas (SMS) não foram afetados.

Serviço de emergência

Ainda na última quinta, a Telefónica colocou em ação unidades polivalentes de telefonia fixa para oferecer linhas adicionais e garantir a comunicação dos serviços emergenciais como hospitais e também nas zonas onde se registrou maior demanda.
Nas operações móveis, foram desativadas funcionalidades secundárias para permitir o melhor funcionamento dos serviços de voz. Foram ativadas três unidades móveis para dar cobertura nacional em diversos pontos de Madri e também foi reforçada a capacidade em outras áreas, principalmente as afetadas.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top