OUTROS DESTAQUES
Billing
PT Inovação joga as fichas no pré-pago da Vivo
quinta-feira, 04 de Março de 2004 , 18h36 | POR SÉRGIO DAMASCENO

A PT Inovação, braço do Grupo Portugal Telecom para serviços de redes, tem todas as chances de conquistar a concorrência para o fornecimento da plataforma de pré-pago para todas as operadoras da Vivo, como aposta o diretor da empresa, Paulo Ramalheira. O resultado da disputa deve sair ainda este mês e, juntamente com a PT, estão na concorrência a Sixbell (que fornece atualmente soluções para algumas operadoras da Vivo), a TI+D (Telefônica), que fornece para a CRT, Alcatel e Comverse.
A PT Inovação já responde atualmente pela plataforma de pré-pago para a Telesp Celular e Global Telecom, atendendo cerca de 8,5 milhões de clientes. Se vencer a concorrência, passará a administrar o pagamento de pelo menos 16 milhões de clientes (80% da base de clientes da Vivo, aproximadamente).

Trunfo

Ramalheira, da PT, diz que seu principal trunfo é o conceito "real time business" (RTB), que elimina os limites entre os conceitos de pós ou pré-pago para a plataforma e permite fazer todo tipo de billing, seja de voz e dados. Também permite atualizar rapidamente mudanças de planos. Outro critério que a Vivo levará em consideração, certamente, é o preço que a PT oferecerá.
Em Portugal, onde já trabalha com a TMN (também do Grupo PT), a PT Inovação pretende implantar até o final deste ano o conceito de RTB. O prazo para unificar as plataformas de pré-pago das sete operações da Vivo (Telesp Celular, Global Telecom, Telefônica Celular RJ/ES, Telefônica Celular BA/SE, CRT e TCO/NBT) é de um ano a partir do início da implantação.
A PT Inovação, em operação no Brasil desde o início de 2002, faturou R$ 35 milhões no País no ano passado. Faturamento que pode dobrar esse ano se a empresa conquistar a concorrência da Vivo. As receitas no Brasil respondem por 21% do total mundial que foi de R$ 158 milhões o ano passado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top