OUTROS DESTAQUES
Opportunity
Pirelli e Telecom Italia rompem com o Citibank
quinta-feira, 04 de Março de 2004 , 11h58 | POR REDAÇÃO

Fonte altamente qualificada da Telecom Italia confirma: em decorrência da briga com o Opportunity no Brasil, o grupo Pirelli (controlador da TI) e a própria operadora estão rompendo mundialmente suas relações com o Citibank. Entendem que quem dá o suporte para o Opportunity por aqui é o Citi, que não se esforça para ajudar a resolver os conflitos. A informação, adiantada nesta quinta, 4, na coluna de Ricardo Boechat, do Jornal do Brasil, só não será anunciada publicamente, mas já está acontecendo.
Recentemente uma ligação obscura entre o Citibank e a Brasil Telecom foi revelada por este noticiário. O Citi está por trás das empresas de fachada que compõem a Timepart, empresa que tem 62% do capital votante da Solpart S/A, que manda na BrT. Não existe explicação oficial para a existência da Timepart nem para o fato de o Citi participar da BrT por meio dessa empresa. A participação do Citibank por meio da CSH LLC (uma das empresas de fachada que compõem a Timepart) não é informada à Securities and Exchange Commission (SEC) nem à CVM. E também é sonegada à Anatel, que inclusive já pediu explicações à Brasil Telecom.
Recentemente, a Telecom Italia entrou na Justiça do Rio de Janeiro para tentar reaver o que considera serem seus direitos de acionista controladora da Brasil Telecom. Na defesa da Techold e da Timepart (as duas empresas do Opportunity/Citibank que controlam a BrT), é citada uma consultoria dada pelo Citigroup à diretoria da tele em que orientava sobre a negociação entre o Opportunity e a Telecom Italia, o que resultou, em 2002, com a saída dos italianos do bloco de controle.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top