OUTROS DESTAQUES
Finanças
Captação da América Móvil não deve servir para aquisições
quarta-feira, 03 de Março de 2004 , 18h47 | POR REDAÇÃO

Em lugar de fazer caixa para futuras aquisições, a América Móvil, controladora da Telecom Américas (Claro) está preferindo captar recursos para alongar a sua dívida a um custo mais baixo. Para substituir um crédito de US$ 1 bilhão que vence no ano que vem, lançou dois papéis com vencimentos em 2009 e 2014 a uma taxa possivelmente inferior aos cerca de 6% pagos atualmente, captando cerca de US$ 1,3 bilhão.
Para o analista Jeffrey Noble, do BBVA, ? como não há aparentemente aquisições visíveis, a América Móvil parece aproveitar a oportunidade para tomar recursos enquanto as taxas estão baixas?.
Isso coloca ainda mais distante a possibilidade de compra da Telemig Celular
Na verdade, a empresa declara que ainda não tem uma decisão sequer sobre as licenças para o SMP em Minas Gerais. Mas isso parece ser apenas uma nuvem de fumaça para confundir a concorrência.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top