OUTROS DESTAQUES
Banda larga
EUA gastarão US$ 17 bilhões com alta velocidade em 2004
segunda-feira, 01 de Março de 2004 , 18h25 | POR REDAÇÃO

Os gastos com serviços de acesso de alta velocidade serão de US$ 17 bilhões este ano nos EUA, o que representa crescimento de 30,5% sobre 2003, segundo estimativa da Telecommunications Industry Association (TIA), entidade que reúne a indústria de telecomunicações norte-americana.
Até o final de 2007, a expectativa é que esse mercado atinja a cifra anual US$ 24,8 bilhões, com crescimento de 17,5% entre 2004 e 2007. Também o número de assinantes de alta velocidade deve crescer dos 28,5 milhões previstos para este ano para 47 milhões em 2007.
Os acessos via cable modem continuarão dominando o mercado norte-americano de acesso de alta velocidade, segundo a TIA. Ao final de 2003, eram 12,9 milhões de assinantes via cabo, com geração de US$ 6,9 bilhões em receitas. Já os acessos ADSL fecharam o ano passado com 7,8 milhões de usuários.
Do total de acessos ADSL, 20% (1,6 milhão) são assinantes corporativos enquanto, no caso do cable modem, somente 5% são corporativos. A previsão para o ADSL é que chegue até o final deste ano com 10,8 milhões de usuários e a 17,5 milhões em 2007.

Demais tecnologias

Ainda em 2003, havia mais 800 mil usuários de banda larga de outras tecnologias de acesso como LMDS, fiber-to-the-home (FTTH), satélite e 3G. Desses, o mais usado é o LMDS, cuja expectativa é chegar a 2007 com 2,6 milhões de usuários. Já o FTTH deve atingir 1,4 milhão de usuários no mesmo ano. A projeção para banda larga via satélite é de 2 milhões de assinantes em 2007.
Pela primeira vez, segundo a associação, o número de assinantes por acesso discado (banda estreita) caiu, em 0,2%, de 47,8 milhões de usuários em 2003 para os 47,7 milhões registrados em 2002. A migração desses assinantes para acessos banda larga deve acentuar o declínio do mercado de acesso discado, com estimativa de chegar a 2007 com 39,5 milhões de assinantes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top