OUTROS DESTAQUES
Balanço
Lucro da BrT Participações cai 67,2% em 2003
quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2004 , 23h01 | POR REDAÇÃO

A Brasil Telecom Participações, holding controladora da Brasil Telecom (BrT), atingiu em 2003 um lucro líquido de R$ 145,1 milhões, uma queda de 67,2% em relação ao resultado do ano anterior, segundo balanço divulgado nesta quinta, 12. No ano, o lucro líquido ajustado pelo ágio foi de R$ 269,2 milhões (queda de 52,5%).
A receita líquida, contudo, apresentou comportamento positivo, subindo 11,9% e chegando aos R$ 7,915 bilhões. No último trimestre do ano, a holding acumulou resultado líquido negativo de R$ 141,6 milhões (-R$ 0,3971/1000 ações), atribuído basicamente ao crédito de juros sobre capital próprio.
A BrT, com concessão de STFC na Região II do PGO, fechou 2003 com prejuízo de R$ 25,3 milhões, em relação aos R$ 440,1 milhões obtidos no ano anterior. Em valores ajustados pelo ágio, o lucro ficou em 98,7%, uma queda de 82,5% em relação a 2002. O resultado líquido do quarto trimestre de 2003 foi negativo (- R$ 311,2 milhões), também em função de crédito de juros sobre capital próprio.
Durante o ano, a holding investiu R$ 356,7 milhões nas aquisições da MetroRed, Globenet e iBest. Outros R$ 109,2 milhões foram alocados na instalação da rede de SMP, que já conta com 146 ERBs, suficientes para garantir a cobertura de mais de 50% da área urbana de todas as dez capitais da Região II, segundo a empresa.
A operadora encerrou o ano com 10,686 milhões de linhas fixas, das quais 9,851 milhões em serviço, 0,4% e 4,1% acima da planta do 3T03 e do 4T02, respectivamente. Em dezembro último, alcançou também 281,9 mil acessos ADSL em serviço, representando um crescimento de 17,8% e 100,4% em relação ao 3T03 e ao 4T02, respectivamente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top