OUTROS DESTAQUES
Novo serviço
SCD é uma Intranet nacional, diz Matarazzo
quinta-feira, 05 de Fevereiro de 2004 , 19h39 | POR REDAÇÃO

Durante a audiência pública para debater o Serviço de Comunicações Digitais (SCD), realizada nesta quinta, dia 5, em Brasília, Edmundo Matarazzo, superintendente de universalização da Anatel, esclareceu as diferenças entre o SCD e a Internet. ?A Internet é uma rede mundial anárquica e como tal presta enormes serviços, mas apresenta problemas bastante conhecidos, como a questão da segurança e a impossibilidade de controle de conteúdo?, afirmou Matarazzo. ?O que estamos criando com o SCD é a possibilidade da existência de uma outra rede totalmente nacional sobre a qual haverá controle, por se tratar de um serviço prestado em regime público, e com um nível de segurança muito superior. Na prática seria uma Intranet nacional?, completou o superintendente. Para Matarazzo, o usuário do SCD terá no serviço mais uma possibilidade de acessar a Internet, inclusive, em regiões onde não existem provedores deste serviço dispostos a certificar o acesso à rede mundial. Ao mesmo tempo, o usuário vai dispor de uma rede segura para usufruir de serviços, como por exemplo, acesso a sistemas governamentais (Receita Federal, Previdência, Saúde, Educação, Segurança entre outros). O conteúdo do SCD poderá estar disponível a todo e qualquer cidadão ou a grupos determinados, caso em que haverá uma rede dentro da outra. A outra grande vantagem apontada por Edmundo Matarazzo para o uso da Internet através do SCD são as tarifas: ?Este será um serviço público tarifado. As mesmas tarifas que serão cobradas de uma escola pública, ou seja do Governo, que as paga com recursos do Fust, serão cobradas do usuário privado?.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top