OUTROS DESTAQUES
SCD
Projeto-piloto começa a funcionar na próxima semana
quinta-feira, 05 de Fevereiro de 2004 , 14h06 | POR REDAÇÃO

Segundo Edmundo Matarazzo, superintendente de Universalização da Anatel, começa a funcionar na próxima semana, um projeto-piloto de uma operação do Serviço de Comunicações Digitais (SCD) na cidade satélite de Santa Maria, em Brasília, com possibilidade de expansão para todo o Plano Piloto, parte da periferia do Distrito Federal e área rural de alguns municípios próximos. A iniciativa, denominada Projeto Experimental para Inclusão Digital, prevê a instalação de uma estação dentro de um contêiner ao lado de uma das torres de transmissão da TV Filme (Mais TV), operadora de MMDS na Capital Federal de onde serão geradas as transmissões.
A Anatel formou um grupo composto por fornecedores de equipamentos e softwares entre eles, a Lucent, Intelbrás, CPM (softwares), Procomp (terminais), Prodabel (empresa pública de processamento de dados do município de Belo Horizonte, entrando com aplicações em Linux), Gradiente e CPqD. O objetivo do projeto é testar todas as hipóteses de funcionamento de uma rede de SCD, bem como seus aplicativos em educação entre outros.
Os relatórios deverão avaliar a aceitação, qualidade, desempenho e aplicativos do serviço. Os terminais serão instalados em escolas públicas, preferencialmente as que ainda não dispõe de computadores, organizações não governamentais que se dispuserem a colaborar com a proposta, além de locais públicos como terminais rodoviários entre outros. A escolha do ponto de transmissão em Santa Maria foi determinada pela facilidade de propagação para o atendimento das regiões escolhidas (especialmente periferia e área rural). Serão utilizadas transmissões wireless pela faixa de 450 MHz e com fibras ópticas. Também será testado um sistema Wi Fi. O projeto-piloto, coordenado pela Anatel, vai custar cerca de US$ 1 milhão, cifra a ser bancada pelo conjunto dos participantes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top