OUTROS DESTAQUES
Radiobase
ZTE inaugura fábrica no Brasil em março
quarta-feira, 04 de Fevereiro de 2004 , 19h57 | POR IVONE SANTANA

A ZTE vai inaugurar sua fábrica de infra-estrutura em São Paulo, no próximo mês, com atraso de pelo menos três meses em relação ao cronograma original da empresa. Planejada para atender toda a América Latina, a unidade deveria ser ativada com o fechamento de um contrato com uma operadora do Equador, o que já garantiria o fornecimento para dois clientes. O contrato não aconteceu e a direção da ZTE optou por inaugurar a fábrica inicialmente para atender apenas à sua cliente Tmais, uma operadora competitiva com tecnologia CDMA. Serão fabricadas BTS, ou estações radiobase, e futuramente outros produtos.
O diretor de desenvolvimento de estratégia e negócios externos da ZTE, Edson de Melo, disse que acredita no aquecimento do mercado em 2004 e que o Brasil é sua aposta na América Latina. Está confiante também na produção não apenas de equipamentos para telefonia móvel, mas em produtos que podem ser aplicados à telefonia fixa, como plataformas para o envio de textos (SMS), redes inteligentes e de próxima geração (NGN) e terceira geração. Segundo Melo, os produtos estão em teste na Telefônica, Embratel, Telemar e Brasil Telecom.
A fábrica será ativada com cerca de cem funcionários e enquanto se concentra na produção apenas de BTS, os demais itens serão importados da China. É o caso do contrato para a expansão da rede da Tmais que a ZTE firmou, no valor de US$ 4 milhões. Os equipamentos da plataforma CDMA estão a caminho do Brasil, disse o executivo.

Faturamento cresceu 63%

Enquanto no Brasil os negócios estão apenas começando, mundialmente a empresa comemora os bons resultados. Fechou 2003 com faturamento de US$ 3,6 bilhões, 44% acima do valor estimado e 63% a mais do que os US$ 2,2 bilhões do ano anterior. O desempenho foi atribuído, principalmente, ao fechamento de contratos internacionais na área celular. Só com a tecnologia GSM, a base mundial de terminais da marca é de 14 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top