OUTROS DESTAQUES
Conflito entre sócios
Liminar da Telecom Italia só poderá sair depois do dia 10
terça-feira, 27 de Janeiro de 2004 , 19h05 | POR REDAÇÃO

O juiz da 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), Antonio Carlos Esteves Torres, em despacho proferido na última segunda-feira, 26, não acatou o pedido de liminar da Telecom Italia, que tenta recuperar participação acionária e direitos no bloco de controle da Brasil Telecom (BrT). Entretanto, o juiz permitiu que fosse expedida uma guia para depósito "da caução" para a Telecom Italia. O mais provável é que este depósito se refira aos US$ 47 mil que os italianos, pelo acordo feito inicialmente para sair do controle da BrT, teriam que pagar para ter suas ações de volta. De acordo com o despacho, o juiz diz não poder deferir a liminar ou os efeitos do depósito antes da justificativa, como manda o Código de Processo Civil. A audiência para que Telecom Italia e Techold (controlada do Opportunity) apresentem justificativas foi marcada para as 14h30 do dia 10 de fevereiro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top