OUTROS DESTAQUES
Conjuntura
Planalto já vê dificuldades na retomada do crescimento
quarta-feira, 03 de setembro de 2003 , 19h58 | POR REDAÇÃO

TELETIME News ouviu de funcionário graduado do Planalto, que é crescente a preocupação com a fraca capacidade de reação da economia brasileira nos próximos meses. Há notícias de que, de um lado, os bancos estão resistindo à idéia de aumentar a oferta de crédito para não se sujeitarem a riscos; e de outro, que em pleno mês de setembro, quando se inicia a produção para as vendas de fim de ano, as companhias não se mostram dispostas em formar estoques.
Mesmo com essa dificuldade de reaquecimento da economia, o governo deve rejeitar qualquer ação fora dos parâmetros normais de mercado, disse a fonte. Ou seja: não há qualquer chance de algum tipo de renegociação da dívida pública nos termos que vêm sendo defendidos por setores de esquerda, a exemplo do economista Celso Furtado.
Convém observar, no entanto, que mesmo não acreditando em renegociação ou moratória, cresce em vários segmentos do mercado financeiro a crença de que as autoridades acabarão por facilitar um aumento pouco mais expressivo da taxa de câmbio, mesmo que isso implique inflação mais alta.
Para o setor de telecomunicações isso pode representar uma nova pressão sobre as dívidas das empresas expressas em dólares, e um aumento nos custos de importação, justamente nesta nova fase de investimentos da telefonia celular.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top