OUTROS DESTAQUES
Análise de risco
Embratel obtém rating B1 global e Baa1 nacional
sexta-feira, 29 de agosto de 2003 , 17h13 | POR REDAÇÃO

A Moody?s atribuiu rating B1 na escala global de moeda local para a Embratel e Baa1 para a escala nacional. O rating global compara a empresa mundialmente e traduz a habilidade em honrar obrigações em moeda local, incorporando todos os riscos relativos ao Brasil, incluindo a volatilidade da economia.
Esse rating incorpora a força operacional da Embratel mas reconhece os riscos macroeconômicos de uma operação em uma economia emergente. Para a Moody?s, parte do risco advém da crescente competitividade no mercado no qual da Embratel opera (longa distância nacional e internacional e serviços de dados). A erosão da participação da carrier, segundo a agência, deve continuar na medida em que as teles locais expandam sua atuação para os segmentos em que a Embratel opera.

Estabilidade

A perspectiva dos ratings, para a Moody?s, é estável. A agência reconhece que a Embratel progride rapidamente no serviço local e acredita que a carrier será capaz de compensar a contração no mercado de longa distância com o crescimento dos negócios de transmissão de dados e serviço local.
Por fim, para a Moody?s, a Embratel será capaz de manter seu atual perfil de liquidez com a combinação de geração de fluxo de caixa livre, disponibilidade de caixa e refinanciamento em tempo adequado.
Com a recente reestruturação da dívida, o risco de refinanciamento foi transferido para 2005. A atual exposição ao risco cambial, de R$ 2,3 bilhões (57,6% da dívida) é considerada significativa ainda.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top