OUTROS DESTAQUES
Estratégia
Pré-pago fixo representa 8% da base da Sercomtel
terça-feira, 26 de agosto de 2003 , 18h57 | POR REDAÇÃO

Planos de pagamento pré-pago já representam 8% da base de 160 mil linhas de telefonia fixa em serviço da Sercomtel (região de Londrina). Desde o lançamento do produto, em janeiro de 2002, a companhia conseguiu reduzir em 50% a quantidade de desligamentos de linhas, informou a gerente de marketing da Sercomtel, Aida Proença. Ela foi uma das palestrantes da 6ª Edição do Americas Prepaid Forum nesta terça, 26, no Rio de Janeiro.
A Sercomtel nunca realizou qualquer campanha de marketing para divulgar o plano pré-pago fixo. O produto é oferecido para usuários que estão negociando dívidas com a operadora ou que a procuram para pedir a suspensão do contrato.
De acordo com a executiva, em média 83% dos usuários do plano pré-pago fixo realizam ao menos uma recarga por mês. Na operação móvel da Sercomtel, o percentual é de apenas 40%. Um dos motivos para a diferença é que o prazo para recarga no pré-pago fixo antes de um bloqueio parcial da linha é de 45 dias, enquanto que no pré-pago móvel é de 90 dias.
O custo da ligação fixo-fixo é de R$ 0,17 por minuto. Cartões de R$ 20, R$ 35 e R$ 50 são vendidos em bancas de jornais, farmácias, postos de gasolina etc.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top