OUTROS DESTAQUES
Competição
Celular toma mercado dos fixos nos Estados Unidos
quarta-feira, 06 de agosto de 2003 , 20h19 | POR REDAÇÃO

Nos últimos sete dias, o segmento de telefonia móvel dos Estados Unidos registrou um recuo de 3,72% nas bolsas americanas, contra queda de 1,1% do Índice Dow Jones e ligeira alta de 0,74% da telefonia fixa. Em boa parte, a queda do wireless deve-se ao desempenho negativo de Nextel (-15%), muito por força de realização de lucros, uma vez que a empresa acumula alta nada inferior a 250% nas últimas 52 semanas.
Como TELETIME News já informou, a Nextel, até agora praticamente só na combinação rádio-celular, começa a sofrer concorrência das outras gigantes da telefonia móvel no mesmo nicho.
Assim mesmo, a situação das operadoras de celulares continua bem mais cômoda que das fixas. Veja os dados mais recentes divulgados esta semana em artigo distribuído pela Associated Press:
– 7,5 milhões de americanos ?cortaram o fio?, ficando apenas com os seus celulares. Público especialmente de estudantes, recém-formados e jovens profissionais. De 2000 para cá, houve uma queda de 3% no uso de telefones fixos, de acordo com a Federal Communications Commission (FCC);
– Segundo pesquisa da PriMetrica Inc, de San Diego, cerca da metade dos domicílios de sua área deu indicações de que trocaria os telefones fixos por celulares se os preços da telefonia móvel fossem iguais;
– Os celulares no total de telefones dos Estados Unidos cresceram, de 2000 para cá, de 37% para 43%, segundo a International Telecommunication Union.
– Nos Estados Unidos já há quase um celular para cada duas pessoas.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top