OUTROS DESTAQUES
Balanço
Lucro líquido da BrT cai 45% em um ano
terça-feira, 05 de agosto de 2003 , 19h59 | POR REDAÇÃO

A Brasil Telecom (BrT) registrou lucro líquido de R$ 49 milhões no segundo trimestre deste ano, resultado 45,8% menor que os R$ 90 milhões obtidos no mesmo período do ano passado.
A margem EBITDA da operadora não apresentou grandes alterações, ficando em 47% na comparação com os 47,6% do ano passado. Já o EBITDA obteve acréscimo de 8,9%, passando dos R$ 826 milhões em junho de 2002 para R$ 900 milhões neste ano. A BrT obteve receita bruta de R$ 2,691 bilhões, resultado 11,6% superior ao do ano passado (R$ 2,412 bilhões).
As linhas em serviço da operadora chegaram a 9,7 milhões no segundo trimestre, com um avanço de 9% em relação ao mesmo período do ano passado. A planta de acessos banda larga (ADSL) cresceu 117%, passando de 89 mil em 2002 para 194 mil ao final deste trimestre.

Composição da receita

Do total da receita bruta, a maior parte (38,4%) veio das chamadas locais. Mas, há uma redução em relação ao ano passado, quando essa participação era de 42,8%. As chamadas fixo-móvel, por sua vez, representaram 25,6% da receita (21,6% no ano passado) e a comunicação de dados também apresentou avanço, chegando a 6,7% do total (4,6% no mesmo período do ano passado).
O balanço da BrT registra ainda a conclusão da aquisição da Globenet e a consolidação do iBest. O valor final da transação referente à Globenet é de US$ 46,8 milhões. Por outros US$ 36 milhões, a BrT exerceu a opção de compra do capital remanescente do iBest, de 50,5%. O Ibest está consolidado na BrT Serviços de Internet e, conforme o balanço, tem 1,3 milhão de usuários ativos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top