OUTROS DESTAQUES
Balanço
Resultado da Embratel agrada investidores
quarta-feira, 30 de julho de 2003 , 19h53 | POR REDAÇÃO

Os resultados trimestrais da Embratel foram considerados bons pelos analistas ouvidos nesta quarta-feira, 30, por TELETIME News. Tanto que as ações e ADRs da companhia tiveram altas respeitáveis para um dia de baixa nas bolsas brasileira e norte-americana.
Na Bovespa, os papéis ON e PN da tele subiram, respectivamente, 1,83% e 2,22%.
É certo que o lucro líquido de R$ 128 milhões reflete, principalmente, a melhora do quadro financeiro (devido aos efeitos da queda do dólar sobre o endividamento, que caiu de R$ 4,05 bilhões para R$ 3,46 bilhões) e à redução de custos. No que se refere às receitas, a situação não é tão boa (queda de 11,7%).
Isso significa, segundo Victor Martins, do Banco Safra, que as apostas no futuro da Embratel ficam dependentes dos seguintes fatores: relativa estabilidade cambial do País, para evitar que o dólar volte a impactar negativamente a dívida da companhia; e efetivação das principais cláusulas do decreto que muda os contratos com as telefônicas a partir de 2006 (especialmente as referentes à aplicação das tarifas de interconexão e ao uso das redes das operadoras de telefonia fixa para as suas operações locais). Fora isso, devem permanecer acesas as expectativas de venda da Embratel para algum grupo forte dos Estados Unidos ou do México (Telmex).
Há uma avaliação corrente segundo a qual, pelo menos em relação à revisão dos contratos, a Embratel deverá ser beneficiada, pois atualmente esta é a única possibilidade de se aumentar um pouco a concorrência na telefonia fixa local.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top