OUTROS DESTAQUES
SLE
MetroRED aumenta participação no mercado corporativo
sexta-feira, 25 de julho de 2003 , 17h08 | POR REDAÇÃO

A MetroRED divulgou um crescimento de 60% na prestação de serviços para o mercado corporativo no primeiro, como conseqüência de sua estratégia de concentrar-se mais no atendimento direto às empresas em vez da prestação de serviços de rede a outras operadoras.
A operadora, que não revela os dados financeiros semestrais, atingiu em dezembro de 2002 o faturamento de R$ 80 milhões, sendo 78% proveniente de outras operadoras e 22% do mercado corporativo.
Em junho último, as vendas para empresas representaram 35% do total, contra 65% para operadoras. E ainda 76% das propostas de vendas emitidas pela MetroRED nesse mês foram para o mercado corporativo.
A companha fechou o semestre com 600 clientes, 15% a mais que em dezembro de 2002. Destes novos clientes, 70% são pequenas e médias empresas (PMEs). A expectativa é aumentar o faturamento de 2002 em 40%. ?Obviamente, as grandes empresas ainda são as responsáveis pela maior parte da receita, mas os PMEs são uma parte importante pelo volume e estaremos voltados para esse mercado neste ano?, diz o vice-presidente de marketing e de desenvolvimento de produtos da empresa, Ricardo Couto.
Em relação as áreas de atuação da operadora, a participação do data center da empresa na receita total dobrou em relação a 2002, passando de 3% para 6%, assim como o segmento de internet que cresceu de 8% para 12%. A área de dados teve sua participação reduzida de 89% para 82% no faturamento da empresa. Segundo o gerente de marketing estratégico da empresa, Gustavo Amorim, a MetroRED tem apenas 2% de market share, o que é a média de todas as outras SLEs e SCMs (Serviço de Comunicação Multimídia). ?A Embratel está perdendo cerca de 5% de mercado anualmente para as SLEs?, diz Amorim.
A MetroRED não pretende pedir licença de SCM (Serviço de Comunicação Multimídia) para a Anatel porque não vai oferecer serviços multimídia, nem de voz. ?Existem muitos concorrentes para voz e não vale a pena disputar esse mecardo?, resume Couto.
A operadora tem atualmente 19,9% de suas ações nas mãos da Brasil Telecom (BrT), que detém também opção de compra do restante da participação societária. A expectativa é de que a tele assuma o controle da MetroRED assim que obtiver a aprovação do cumprimento de metas de universalização da Anatel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top