OUTROS DESTAQUES
Balanço
Lucro global da TIM cresce 8,4% no primeiro semestre
quarta-feira, 23 de julho de 2003 , 19h23 | POR REDAÇÃO

A Telecom Italia Mobiles (TIM) anunciou nesta quarta-feira, 23, lucro operacional em todas as suas operações do mundo de US$ 2,05 bilhões no primeiro semestre. Tratou-se de um aumento de quase 8,4% em relação ao período anterior. O resultado que já era esperado pelos analistas. Tanto que as ações da companhia chegaram a cair 0,37%.
O número total de linhas móveis operadas pela TIM (inclusive as das brasileiras Tele Celular Sul, Tele Nordeste Celular e TIM) ficou em 41,3 milhões, representando um crescimento de 5,7% no ano.

Números abaixo das expectativas

Os analistas ouvidos por TELETIME News nesta quarta-feira consideraram bons os resultados das duas operadoras de telefonia móvel da TIM negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Relatório da Fator Doria Atherino ressalva, porém, que do ponto de vista estritamente operacional, os números ficaram abaixo das expectativas. A reação dos investidores na Bovespa foi ligeiramente negativa: Tele Nordeste Celular caiu 0,86% ficando em R$ 2,30 e Tele Celular Sul registrou queda de 0,43%, fechando a R$ 2,30.
Tele Nordeste apresentou lucro líquido de R$ 30,4 milhões, 14,2% superior ao de igual período do ano passado. Mas, na verdade, teve suas vendas infladas mais pela comercialização de aparelhos (150%) do que propriamente por serviços (6,7%). Os custos e despesas operacionais cresceram muito (40,3%) exatamente por conta de gastos com aparelhos. Fora isso, houve aumento de inadimplência (de 3,5% para 3,8% da receita bruta) e perda de market share (de 59% para 57%). De qualquer forma, sua situação financeira é confortável e seus investimentos para implantação de rede GSM estão adiantados. A recomendação é de compra de TNEP4, com preço-alvo de R$ 5,82 (potencial de valorização de 150%).
Os comentários sobre o desempenho de Tele Celular Sul são semelhantes, com igual recomendação de compra e potencial de valorização até maior que o de Tele Nordeste (160%).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top