OUTROS DESTAQUES
Auditoria do TCU
Ministro quer mais informações sobre decisão
quarta-feira, 09 de julho de 2003 , 17h23 | POR REDAÇÃO

Sobre a recomendação do TCU de que a Anatel deveria ter checado se os reajustes são compatíveis com o aumento de custo das empresas, o ministro se disse preocupado com o fato da agência ter dito que já respondeu ao tribunal, inclusive via Minicom. Miro afirmou que vai apurar de que forma se deu esta resposta.
"Esse fato do TCU é um fato muito expressivo. O tribunal entendeu, e há um ano, que a Anatel, para preservar o equilíbrio econômico-financeiro do contrato, tinha que examinar as contas das empresas. Por que isso? Porque o consumidor assina um contrato de telefonia fixa com uma empresa que presta outros serviços, como provimento de Internet e ADSL. Mas ninguém tem acesso às contabilidades de acordo com a natureza do serviço prestado". Para Miro, o prejuízo que uma empresa tem com esses serviços não pode ser jogado nas costas dos consumidores.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top