OUTROS DESTAQUES
Reajuste de tarifas
Governo reuniu-se para unificar discursos
terça-feira, 08 de julho de 2003 , 21h47 | POR CARLOS EDUARDO ZANATTA

Duas fontes diferentes ouvidas por este noticiário e que estiveram diretamente envolvidas com as decisões tomadas pelo governo na reunião do último dia 7, entre o presidente Lula, José Dirceu (Casa Civil), Antônio Palocci (Fazenda), Miro Teixeira (Comunicações), Jorge Bittar (PT/RJ) e Walter Pinheiro (PT/BA), asseguram: o objetivo foi unificar o discurso e as ações depois da crise criada com o anúncio dos reajustes na telefonia. O governo não vai mais apresentar argumentos diferentes sobre a questão e quer deixar às empresas uma porta aberta, para mostrar disposição ao diálogo. O que se avalia, segundo uma das fontes, é que o caos criado no Judiciário poderia trazer, às empresas, prejuízos, já que os reajustes devem ficar suspensos por meses ou até anos, dependendo das decisões da Justiça. Se conseguir negociar, o Minicom poderá até tomar medidas para agilizar a tramitação das ações. Se não conseguir negociar, o prejuízo será principalmente das concessionárias.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top