OUTROS DESTAQUES
CSP
Anatel prevê reduções imediatas nos preços
sexta-feira, 04 de julho de 2003 , 17h58 | POR REDAÇÃO

A Anatel calcula que com a entrada em operação da escolha da prestadora de longa distância para os usuários móveis, haverá em média uma queda imediata nos valores cobrados pelas empresas. A primeira grande redução se dará no VC2 (ligações dentro da área de prestação da empresa) que somente será cobrado com seus valores originais nas ligações realizadas entre localidades com área de numeração nacional diferente. Por exemplo: uma ligação de Campinas para São João da Boa Vista (ambas na área 19) não mais será cobrada como VC2, mas como VC1, representando uma redução em torno de 50% dos preços deste item nos valores da conta do assinante.
Mas a partir deste sábado, haverá ainda reduções objetivas nos valores tanto do VC2 como do VC3 (chamadas para fora da área de prestação de serviço) e nas ligações internacionais, representando uma queda em torno de 25% a 30% dos valores atuais.
A Anatel divulgou alguns valores relativos aos preços cobrados no serviço pré-pago. Destaca-se, por exemplo, uma redução de 53% no VC2 entre o valor cobrado pela Telerj (que realiza até este sábado, 5, o transporte da ligações de longa distância dos celulares) e o valor a ser cobrado pela Telemar (que passará a concorrer junto aos usuários móveis com o CSP 31) no horário reduzido para ligações entre telefones móveis de redes diferentes.
No caso do VC3 destaca-se uma redução de 62%, também oferecida pela Telemar em relação ao que cobra a Teleron (Rondônia) para uma ligação entre dois telefones móveis pertencentes a redes diferentes no horário de preços reduzidos.
A Anatel comemora a agressividade comercial da Telemar, que está oferecendo em todos os casos (com a única exceção da ligação TIM para TIM) os preços mais baixos do País.

Ligações internacionais

Nas ligações de longa distância internacionais, a queda prevista é ainda mais alta. A partir deste sábado, ligar pelo CSP 15 da Telefônica será a opção mais vantajosa em todos os casos, desde que as outras empresas não decidam anunciar valores diferentes na última hora. Ligar de São Paulo no horário normal para os Estados Unidos pela Embratel (21) vai custar R$ 2,35 o minuto (incluído os impostos), o que representa uma redução de 29% em relação aos preços cobrados até esta sexta-feira pela empresa.
A mesma ligação feita pela Telefônica (15) vai custar R$ 1,24 o minuto, o que representa uma redução também de 29% em relação aos preços (incluindo os impostos) cobrados pela Telefônica até esta sexta-feira. De qualquer forma, para decidir qual é a operadora com serviços mais baratos, o usuário de telefonia pode acessar o sistema de preços das ligações de longa distância no site da Anatel, que dispõe de todos os valores-teto praticados pelas empresas a partir deste sábado. O superintendente de serviços privados da Anatel afirmou que as promoções eventuais das empresas também estarão disponíveis no site.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top