OUTROS DESTAQUES
Legislação
Lei do uso do solo de São Paulo preocupa Telefônica
quarta-feira, 25 de junho de 2003 , 19h58 | POR SÉRGIO SISTER

Fonte bem situada na Telefônica admitiu que a empresa está "seriamente preocupada" com a aprovação final da lei do uso do solo e do espaço aéreo da cidade de São Paulo, dado o impacto sobre os custos da empresa. A votação da lei deve ser processada na Câmara dos Vereadores da cidade na madrugada desta quinta-feira.
A fonte não revela, porém, qual seria exatamente esse impacto, um número que os analistas financeiros acreditam ser importante para avaliar o desempenho futuro da Telesp Fixa. Mas informa que a direção da empresa, tenta, nos bastidores, fazer alguma negociação com a Prefeitura de São Paulo, "em busca, ao menos, de um desconto significativo".
Alto funcionário da administração municipal ouvido por TELETIME News não confirma nem desmente o pedido da Telefônica. Apenas comenta que "é inviável abrir uma exceção, para uma só empresa, na cobrança das taxas de utilização do solo ou do espaço". Principalmente, destaca a autoridade, no que se refere ao espaço aéreo: a Prefeitura quer desestimular a multiplicação de fiação externa, dando preferência ao uso do subsolo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top