OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
TIM e Vivo depõem na CPI das antenas
segunda-feira, 09 de junho de 2003 , 19h17 | POR REDAÇÃO

A CPI das antenas, promovida pela Câmara Municipal de São Paulo, tem encontrado dificuldades para diagnosticar o número de estações radibase (ERBs) na cidade. A declaração é do vereador do PSDB e vice-presidente da comissão, Gilberto Natali. Segundo ele, os dados fornecidos pelas operadoras, prefeitura e Anatel são conflitantes. Oficialmente, 1,7 mil ERBs aguardam alvará de funcionamento na prefeitura. Mas de acordo com dados fornecidos pela Anatel à CPI, o número real de estações pode passar de 4 mil.
TIM e Vivo, prestaram depoimento hoje à CPI. A TIM declarou já possuir 351 antenas na capital paulista, das quais 303 estão aguardando autorização da prefeitura para funcionar e 42 já tiveram o pedido negado, mas continuam em funcionamento. Já a Vivo atestou que possui 409 ERBs na cidade, das quais apenas 65 obtiveram o alvará da prefeitura e outras 72 já tiveram o pedido negado. Todas as ERBs, mesmo as lacradas, continuam operando.
As multas aplicadas pelas subprefeituras para ERBs que operam sem alvará têm valor médio de apenas R$ 100,00. O gerente da divisão da implantação de plataformas da Vivo, Claudio Pezas admitiu, durante o depoimento, que é mais vantagem para a operadora pagar as multas da prefeitura a evitar a queda na qualidade da prestação dos serviços.
O vereador do PL e presidente da CPI, Antônio Carlos Rodrigues, comentou que o certo seria obrigar as subprefeituras a lacrarem todas as torres irregulares. Mas em uma reunião de trabalho da comissão deverá ser discutida na próxima segunda-feira uma forma de fazer isso sem que o usuário seja prejudicado. ?Devemos propor uma anistia de 30 dias para as empresas regularizarem as ERBs e posteriormente lacraremos as irregulares.
A Impsat também prestou depoimento hoje e declarou que não possui nenhuma estação radiobase, apenas sete torres para rádio ponto-a-ponto. De qualquer forma, a CPI pediu uma relação de todas as antenas receptoras da operadora.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top