OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
Juros altos podem comprometer produção local de BTEs da Alcatel
terça-feira, 20 de Maio de 2003 , 18h42 | POR LUIZ MOURA

A alta nos juros praticados no mercado interno em relação às condições dos financiamentos em dólares ou euros pode comprometer a produção local de equipamentos de telefonia móvel da Alcatel. A empresa, por enquanto mantém seus planos de iniciar a produção nacional de BTEs (Base Tranceiver Stations) a partir de julho.
Mas de acordo com Jose Vazquez, diretor de desenvolvimento de negócios da Alcatel, caso as operadoras que no momento constróem ou aplicam overlay GSM em suas redes confirmem tendência de preferir financiamentos em dólar, não será viável economicamente fabricá-las localmente. ?Não é possível financiar um equipamento em dólar e depois obter receita em reais?, explica o executivo. Em linhas gerais, compara Vazquez, o financiamento em reais tem juros de 30% ao ano, ante os 10% dos financiamentos em moeda estrangeira. Mesmo com uma valorização do dólar, por exemplo, de tal forma que atingisse a casa dos R$ 3,60 até o final deste ano, e dos R$ 4,30 no ano seguinte, a opção pela moeda estrangeira ainda seria compensadora. Além disso, as fontes de financiamento do exterior concedem condições de pagamento bem mais vantajosas, como carência de até três anos e prazos de até oito anos para o pagamento.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top