OUTROS DESTAQUES
Competição
Embratel acusa Telefônica de desrespeitar o Cade
quinta-feira, 15 de Maio de 2003 , 19h12 | POR REDAÇÃO

A Embratel afirma que a Telefônica está descumprindo determinações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Em fevereiro passado, o órgão emitiu medida preventiva obrigando a Telefônica, entre outras determinações, a ?cobrar de seus concorrentes e de sua subsidiária Telefônica Empresas os mesmos preços pela prestação de serviços de Exploração Industrial de Linhas Dedicadas (Eild) em âmbito local e em baixa velocidade (até 2.048 kbps) na Grande São Paulo?. Porém, isso não está acontecendo, segundo o diretor de regulamentação da Embratel, Oscar Petersen. ?Encaminhamos uma petição ao Cade na semana passada alertando para o fato?, disse o executivo.
A medida preventiva foi concedida pelo Cade porque se constatou que a Telefônica se utilizava de práticas consideradas anticompetitivas para vencer licitações de serviços de transmissão de dados em São Paulo: a operadora vendia o acesso local à sua subsidiária Telefônica Empresas a preços muito mais baratos que os oferecidos a seus concorrentes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top