OUTROS DESTAQUES
Balanço
BCP e BSE registram prejuízo recorde de R$ 3,2 bilhões
sexta-feira, 25 de Abril de 2003 , 18h54 | POR REDAÇÃO

A BCP (banda B da região metropolitana de São Paulo) e a BSE (banda B no Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas) registraram prejuízo conjunto de R$ 3,198 bilhões conforme balanço do exercício de 2002 publicado nesta sexta, 25. No exercício de 2001, o prejuízo dessas operadoras foi de R$ 766 milhões.
O prejuízo maior é da BCP. Foram R$ 2,350 bilhões em 2002. A operadora investiu, no mesmo período, R$ 70 milhões na rede.
O número total de assinantes da BCP e BSE ao final de 2002 estava em 2,689 milhões. Na comparação, houve queda de 2% da base em relação aos 2,759 milhões de usuários em 2001.
A queda, por menor que seja, demonstra uma estagnação da base das operadoras. A concorrente da BCP, Telesp Celular, no mesmo período, por exemplo, expandiu sua base em 19%, passando de 5,1 milhões de assinantes para 6 milhões.
Segundo análise financeira, esse resultado era esperado mas significa um marco no segmento móvel, na medida em que até há três anos era impensável que uma operadora móvel visse decrescer seus resultados. Pela mesma análise, a BCP continua com uma margem boa mas teve queda de EBITDA e de faturamento. Em 2002, a BCP tinha 1,680 milhão de assinantes. Na BSE, os assinantes totalizavam 1,009 milhão.

Dívida

Segundo o balanço, a BCP segue as negociações de sua dívida com os bancos credores. A dívida perfaz um total avaliado em cerca de US$ 1,7 bilhão.
A BCP registrou uma receita líquida de R$ 1,198 bilhão (R$ 1,324 bilhão em 2001). O resultado operacional ficou em R$ 333 milhões, ante os R$ 263 milhões de 2001. O EBITDA foi de R$ 492 milhões (R$ 546 milhões em 2001) e a margem EBITDA chegou a 41%.
A BSE, recém-adquirida pelo consórcio Telecom Américas, teve um prejuízo de R$ 848 milhões (R$ 250 milhões em 2001). A receita líquida foi de R$ 535 milhões (R$ 511 milhões em 2001). No mesmo período, o resultado operacional foi de R$ 14 milhões (ante os R$ 4 milhões negativos de 2001). O EBITDA da BSE foi de R$ 134 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top