OUTROS DESTAQUES
CDMA
Qualcomm anuncia desistência da Vésper
quarta-feira, 23 de Abril de 2003 , 19h18 | POR IVONE SANTANA

O CEO da Qualcomm Incorporated, Irwin Jacobs, disse aos investidores norte-americanos nesta quarta, 23, que está decepcionado com os reguladores do Brasil, que negaram à Vésper o provimento de serviço móvel (na faixa de 1,9 GHz), e que vai desistir dos investimentos na empresa. O executivo anunciou em Wall Street o balanço da Qualcomm, com receita superior a US$ 1 bilhão no segundo trimestre fiscal de 2003, encerrado em março, um resultado 44% acima do valor obtido em igual período do ano anterior. O lucro líquido no trimestre foi de US$ 103 milhões, ou US$ 0,13 por ação, comparado com os US$ 44 milhões, ou US$ 0,05 por ação no ano anterior. O balanço inclui perdas de US$ 160 milhões para pagamento da dívida da Vésper.
A companhia excluiu do balanço o segmento Qualcomm Strategic Initiatives (QSI), do qual faz parte a Vésper. Com a exclusão da QSI, o lucro foi de US$ 314 milhões, com os ganhos por ação em US$ 0,38.
Em sua mensagem ao mercado, o CEO disse que foram superadas as metas de ganhos. Atribuiu à nova rede cdma2000 1x, com sua alta velocidade para dados (1xEV-DO), o aumento de receita por usuário. Neste sentido, afirmou que novas redes serão lançadas nos próximos meses, com novas aplicações e serviços, destacando a Vivo.
Ao criticar a atuação da Anatel, Jacobs afirmou: ?Acreditamos que a reivindicação estava de acordo com o regulamento anterior e que traria muitos benefícios para os usuários no Brasil.? Conseqüentemente, disse que a Qualcomm iniciou esforços para deixar os investimentos na Vésper e obter o máximo possível de lucro com seus ativos.
A QSI inclui os investimentos estratégicos da Qualcomm. A receita da QSI, relacionada primariamente com a consolidação da Vésper, foi de US$ 26 milhões no segundo trimestre fiscal, com queda de 10% em relação ao trimestre anterior. Isto inclui as perdas de US$ 188 milhões da Vésper, as quais consistem basicamente de US$ 160 milhões para o pagamento da dívida da operadora e US$ 22 milhões de perdas nas operações.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top