OUTROS DESTAQUES
Operadora é cliente do escritório que moveu ações
quinta-feira, 01 de Fevereiro de 2001 , 12h43 | POR REDAÇÃO

A possibilidade de ser a Embratel a controladora da Palau vem dos rumores de que a tele já teria depositado garantias e também do fato de o escritório de advocacia que apresentou a ação ser tradicional prestador de serviços para a operadora. O que causa estranheza é que a Embratel emitiu, em 24 de janeiro, um comunicado avisando que não concorreria ao SMP e explicando seus motivos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top