OUTROS DESTAQUES
Mercado recebe bem associação entre PT e Telefônica
quarta-feira, 24 de Janeiro de 2001 , 22h28 | POR REDAÇÃO

Analistas de mercado ouvidos por TELETIME News consideram que, em princípio, é muito positiva a união da Portugal Telecom e Telefonica para operar na telefonia móvel brasileira. "Seria a empresa de telefonia celular mais forte do País, ocupando as melhores áreas", afirma Ricardo Kobayashi, do Banco Pactual. A analista Susana Salaru, do Banco Brascan, diz que a formação de uma grande área comum vai viabilizar uma futura consolidação, abrindo a possibilidade de ganhos de escala, rentabilização da própria rede (tráfego sem necessidade de uso de rede de terceiros), ganhos na sinergia operacional (tarifação e administração unificada) e, excluindo-se a CRT, compatibilidade tecnológica (CDMA). O CFFB, por seu lado, acentua que as duas empresas teriam um grande poder de manutenção de market share, ao poder oferecer uma única tarifa para as ligações em toda a sua área de atuação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top