OUTROS DESTAQUES
Telemar e Telefônica não querem mais postos de atendimento
terça-feira, 23 de Janeiro de 2001 , 20h29 | POR REDAÇÃO

Stael Prata, vice-presidente de negócios da Telefônica, e Manoel Horácio, presidente da Telemar, disseram que não concordam com a decisão da Anatel de aumentar o número de postos de atendimento. Segundo Prata, no Estado de São Paulo há 40 postos de atendimento e não há solicitação por parte dos clientes de novas lojas. Já Manoel Horácio considera uma involução da agência solicitar a abertura de postos de atendimento. "Temos que treinar o pessoal a ter conforto e dar qualidade ao atendimento por telefone". Horácio disse ainda que não tem conhecimento de que a Telemar tenha sido multada pela Anatel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top