OUTROS DESTAQUES
Banco não acredita em solução rápida
quarta-feira, 17 de Janeiro de 2001 , 21h27 | POR REDAÇÃO

São estes os principais pontos do informativo emitido pelo Santander sobre os conflitos da Brasil Telecom: 1) Segundo o banco, ao contrário do que disse Neves (que a Telecom Italia poderia se despojar da BrT proximamente), a companhia italiana não anunciou formalmente essa intenção e mantém seu interesse estratégico em ampliar a atuação no setor de telecom da América Latina e Brasil; 2) Mesmo que a Telecom Italia supostamente saia da BrT, concentrando-se na telefonia celular, terá ainda mais razão para não facilitar a situação de um concorrente que pretende fazer oferta nas áreas em que almeja atuar. 3) Não há sinais de uma breve solução da situação: a BrT terá sérias dificuldades em participar dos leilões, o que continuará afetando a performance das ações da companhia. "A fraca performance das ações da BrT é principalmente devida a essa situação", conclui a análise do banco.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top