OUTROS DESTAQUES
Ainda não saíram os detalhes sobre a compra do iG
segunda-feira, 15 de Janeiro de 2001 , 20h37 | POR REDAÇÃO

Ainda durante a apresentação, a direção da Telemar voltou a defender a aquisição do portal de acesso gratuito iG, sem no entanto apresentar números relativos ao negócio, ou o nome da consultoria e do grande banco que estaria avaliando o negócio. Ao ser questionado por este noticiário sobre as razões que levam a empresa a insistir em uma aquisição que vêm levantando tanta celeuma no mercado, Manuel Horácio, presidente da Telemar, passou a palavra ao seu vice-presidente de marketing, Juarez Queiroz – responsável pela negociação e que está deixando a companhia para assumir em fevereiro a Globo.com – que respondeu:
A Telemar busca proteger o pulso, ou seja, garantir que continuará sendo preferida pelo iG para dar acesso a seus usuários;
Busca garantir a "terminação de chamadas", para que as interconexões iniciadas pela Telemar (nos finais de semana, quando a ligação pela Internet custa apenas um pulso para o usuário, mas que é paga por minuto de uso nas interconexões geradas pela operadora) sejam feitas pela própria rede da holding;
Abrir mercado para a oferta de acesso de banda larga, principalmente para clientes corporativos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top